Numa lógica de inovação contínua do seu modelo educativo, a Escola Profissional da Lousã (EPL) implementou, no início do novo período letivo, um programa de desenvolvimento pessoal, assente na prática de meditação e “mindfulness” – atenção plena.

Segundo Priscilla Pegas – professora de Educação socioemocional e meditação/mindfulness e yoga com crianças, jovens e adultos – é pretendido que, “através da meditação e desenvolvimento consciente”, os alunos da EPL vejam potenciado o seu crescimento, com “uma postura mais consciente de si, do outro e da vida como um todo”.

“Numa atitude atenta e compassiva, queremos construir com os jovens uma capacidade de busca dentro de si mesmo, para encontrarem e desenvolverem mais motivação, criatividade, concentração, inteligência emocional, otimismo, serenidade, calma e felicidade”, acrescenta a orientadora.

Esta atividade está enquadrada no Referencial de Educação para a Saúde, uma ferramenta orientadora editada pelo Ministério da Educação e Direção-Geral da Saúde para potenciar o “desenvolvimento integral das crianças e jovens, tornando-os mais aptos para uma cidadania ativa e responsável”.

Comentar