A Escola Profissional da Lousã apresentou este ano uma aplicação para plataformas móveis de cariz solidário, pensada e criada para mobilizar a comunidade a participar ativamente na angariação de pontos a favor de uma instituição pública ou privada de solidariedade social.

Com inspiração na iconografia da época, a aplicação desenvolvida em parceria com o Instituto Superior de Ciências Educativas do Douro consistiu na simulação virtual das tradicionais “marteladas sanjoaninas” e deu a mais de meio milhar de utilizadores a oportunidade de acumular pontos e ajudar uma entidade com intervenção no território local. No final, foram atribuídos prémios às três instituições com pontuações mais elevadas, no valor de 1.000, 500 e 250 euros, em material técnico.

Empresas locais associam-se ao MARTELário

Reconhecendo a relevância da iniciativa, os prémios foram patrocinados por algumas das principais empresas locais, a saber, o Licor Beirão, sponsor de ouro, que ofereceu 1.000 euros em material técnico à entidade vencedora. Na categoria bronze, a patrocinar o segundo e terceiro prémios, encontra-se a Efapel, a Gazmondego e a CDL – Inspeções Auto.

Este ano, foram a concurso a Associação de Recuperação de Cidadãos Inadaptados da Lousã (ARCIL), Associação de Defesa do Idoso e da Criança de Vilarinho (ADiC), Associação Recreativa, Cultural e Social das Gândaras (ARCSG), Associação Vida Abundante, Centro Paroquial de Solidariedade Social de Serpins e, por fim, o Centro Social de Casal de Ermio.

A competição foi renhida até ao último minuto mas, no final, a Associação para a Recuperação de Cidadãos Inadaptados da Lousã (ARCIL) sagrou-se campeã, com mais de 2 milhões de marteladas. O segundo lugar foi para a Associação Recreativa, Cultural e Social das Gândaras, ficando o terceiro e último prémio para o Centro Paroquial de Solidariedade Social de Serpins.

Aplicação oficial do São João da Lousã

Outro importante parceiro deste projeto da EPL é a Câmara Municipal da Lousã que inseriu, oficialmente, o MARTELário no programa da Feira Anual de São João de 2018.

A aplicação desenvolvida para dispositivos Android. A contabilização decorreu desde as 18:00 de dia 21 e terminou precisamente às 23:59 do dia de São João, 24 de junho.

No total, foram mais de 6,4 milhões de interações individuais!

Iniciativa com futuro
Depois do enorme sucesso conseguido no primeiro ano, a Escola Profissional da Lousã está já, entre outras iniciativas, a planear o regresso do MARTELário em 2019, com as características que fizeram dele um sucesso e uma expansão de plataformas, através de uma otimização para iOS (iPhone), para além de outras inovações. O relógio já está a contar!